Sporos TI com Design

“Everything is self-evident.” - René Descartes

RIA – Rich Internet Applications

Rich Internet Applications (RIA) são aplicações Web que têm características e funcionalidades compatíveis às das aplicações desktop tradicionais. Elas diferem das aplicações Web tradicionais ao transferirem para o navegador (browser) o processamento necessário para a composição da interface e interação com o usuário, mantendo, contudo, o controle de dados e do fluxo da aplicação no servidor de aplicação. RIAs fazem uso massivo de scripts executados diretamente pelos browsers, tais como ECMAScript (o antigo JavaScript), e de padrões de comunicação modernos, como AJAX e Webservices.

Aplicações Web tradicionais exibem uma nova página a cada clique, a cada interação com o usuário. Isso gera um alto consumo da rede, baixa interatividade e pouco envolvimento do usuário. RIAs são mais responsivas e dinâmicas, embora mantenham as características mais positivas de aplicações Web, tais como a capacidade de rodar em um navegador comum (dispensando a necessidade de instalações ou modificações no ambiente do usuário), a segurança local (pois tais aplicações são executadas num ambiente especial, chamado sand box, administrado pelo navegador), conectividade e cooperação (entre diversos usuários), entre outras.

O tipo de conteúdo e os meios de comunicação também são mais ricos, pois há um comportamento dinâmico embarcado, que pode envolver o controle de vídeos, sons, objetos tridimensionais, além de funcionalidades como drag and drop (clicar e arrastar), barras de rolagem, cálculos e até mesmo gráficos complexos – todas operadas pelo cliente, sem que haja novas requisições ao servidor.

RIAs já são amplamente exploradas na criação de advergames, nas interfaces de servidores de e-mail (a exemplo de Google, Yahoo! e MS Live Mail). É preciso, no entanto, encontrar a melhor maneira de fazer uso desse tipo de tecnologia para melhorar seus negócios. As possibilidades são inúmeras.

Activity

No comments, leave your comment or trackback.

Leave a Reply


Search

The archives run deep. Feel free to search older content using topic keywords.